Yoga e Felicidade, A Verdadeira Felicidade

pranayama-yoga-e-felicidade

Quando temos conhecimento do atma (alma), podemos compreender o que é verdadeiramente relevante para nosso bem-estar. Temos informação básica e compreensível para todo ser humano compreender o verdadeiro sentido da vida humana. Informação da vida, de Deus, deste mundo, do universo, como está funcionando. Estamos sofrendo devido a nossa presença neste mundo. Alguém pode falar que gosta deste mundo, que quer ficar aqui, mas Krsna explica que este lugar é temporário e miserável. Apesar disto, você pode argumentar que felicidade e miséria são subjetivas. Quem acha que está feliz, está feliz. É uma coisa completamente subjetiva. Se alguém diz que está feliz, como pode você afirmar o contrário ?

A resposta é que felicidade não é apenas algo subjetivo. Primeiramente, felicidade não pode ser completamente subjetiva. Se fosse assim, seria impossível comunicar sentimentos. O ato de comunicar implica certa objetividade. Uma coisa completamente subjetiva não pode ser transmitida ou comunicada. Por isso felicidade, até certo ponto, é objetiva. Há sintomas de felicidade, que podemos analisar. Agora, se felicidade é uma criação de Deus, podemos dizer que existe diferentes graus de felicidade, e que podem ser medidos. Se felicidade é uma criação de Deus, e se Deus é feliz, sua felicidade é absoluta. E se sua felicidade é absoluta podemos medir qualquer felicidade em relação a esta felicidade absoluta. Teremos assim uma referência de felicidade. E quanto mas nossa felicidade se aproxima da felicidade de Deus, mais genuína ela é.

E como podemos saber que uma felicidade é parecida com a felicidade de Deus ? A felicidade de Deus é consciência de Krsna, consciência de Deus. O próprio Krsna explica na Bhagavad Gita que a verdadeira felicidade não é gozo dos sentidos materiais, que acaba e da lugar a frustrações, mas sim consciência de Krsna, consciência divina e espiritual. Esta felicidade da consciência tem como resultado prático a atitude em serviço transcendental amoroso a Deus. Isto é a felicidade que a perfeição do yoga nos proporcionará, felicidade perene.

Namaste !

Do livro : Valores da liberdade.
De Sua Santidade Hridayananda dasa gosvami Acaryadeva ( Howar J. Resnick, Ph.D.)
Facilitador : Haridarshana dasa


Post Your Thoughts