“O pico da montanha é o lugar que está sob seus pés”

“Na tradição Zen, o mestre Tokuda San alerta: ‘o pico da montanha é o lugar que está sob seus pés.’ Ou seja, sua melhor oportunidade de praticar. está exatamente onde você está, seja quais forem as condições. ” — Lama Padma Samten.

Muitas vezes acreditamos que, primeiramente precisamos “ajeitar a casa” nas esferas emocionais, mentais e afetivas, para então começarmos a “dar um jeito” em nossas vidas. “Assim que eu conseguir, eu vou começar a meditar”.

E se, de repente, fizéssemos o caminho inverso? Se ao invés de esperarmos o momento ideal para buscarmos nosso auto-desenvolvimento pessoal, iniciássemos uma prática de construção e desconstrução exatamente no momento em que julgarmos necessário aguardar?

Pois é exatamente em época de crise que podemos mais do que nunca praticar tudo aquilo que deixamos para depois. Uma crise é um perigo (traduzido pelos chineses), como também uma excelente oportunidade. O mestre Tokuda San estava sendo enfático quanto ao início do praticar.

Antes de iniciar minha prática de meditação e yoga, eu pensava que apenas àqueles que se retiravam rumo às montanhas do Himalaia, poderiam se beneficiar das virtudes da meditação.

Quando me permiti iniciar a prática meditativa, me entreguei. E percebi que não importava onde eu estava, lá era a melhor oportunidade que eu tinha para iniciar. Essa oportunidade nos leva ao fortalecimento e auto-conhecimento do nosso Eu Maior, muitas vezes escondidinho sob várias camadas que criamos ao longo de nossas vidas.

Essa descoberta nos leva a encarar a vida com mais leveza, sabedoria e equanimidade.

Que todos os seres sejam felizes.

Namastê.

Giselli Duarte.


Post Your Thoughts