O Despertar da Kundalini

Por séculos ou até mesmo milênios, o ser humano, desconheceu o poder adormecido que traz consigo mesmo dentro de si. Em algumas civilizações, poucos descobriram tal poder, mas seu uso foi mantido em segredo e acessível somente a uma pequeníssima parcela da sociedade.
Tal limitação não foi motivada por egoísmo ou ânsia de poder, mas apenas porque poucos estavam no estágio necessário.

Kundalini é uma palavra sânscrita que significa literalmente serpente. Kundalini é também chamada de “poder da serpente”, pois esta força espiritual adormecida em cada ser humano encontra-se “enrolada” na base da coluna vertebral. Uma vez despertada, eleva-se através de uma série de centros energéticos, também chamados de chakras, e encontra expressão na forma de conhecimento espiritual e visões místicas. De acordo com a tradição tântrica, o corpo humano contém vários pontos de energias mas são sete os principais centros de energia sutil (chakras).
A kundalini sobe através destes centros a partir da base da coluna vertebral todo o caminho até o topo da cabeça, onde o chakra de mil pétalas está localizado. Quando a kundalini atinge o sétimo chakra com toda a sua potência, tal energia espiritual desenvolve sua força majestosa completa na forma de iluminação.
Despertar a kundalini exige um preparo que remete ao seu Ser mais interior, e não é feito em apenas uma encarnação. Mesmo havendo este preparo, é necessário que na encarnação atual o ser esteja voltado ao seu interior, enxergue-se de fora, como observador de si mesmo e pratique o comportamento adequado.
Este despertar não é um estado alterado de consciência, é um fenômeno permanente que muda definitivamente a vida de quem o experimenta. É uma elevação do estado de consciência, uma ascensão que abre as portas para uma nova forma de ver o Universo.

 

Segundo os praticantes de Yoga Kundalini esta energia é despertada pela prática de posturas – asanas -, exercícios respiratórios – pranayama -, meditação e a entoação de cantos vocálicos específicos – mantras. Todos esses instrumentos, posturas, exercícios de respiração, meditação e cantos, têm como objetivo fazer com que o fluxo ascendente da energia kundalini percorra a sua coluna vertebral e reorganize o movimento dos 7 chacras mencionados. Esta forma de yoga, a Kundalini Yoga, também é conhecida como yoga da consciência pois, tem por objetivo despertar no ser humano o seu potencial espiritual e criativo.

Por Lara Carolina.


Post Your Thoughts