10 Atividades Simples Para Converte-Se Em Uma Pessoa + Meditativa

A fantástica psicóloga espanhola Jennifer Delgado nos dá 10 dicas simples de como podemos nos tornar uma pessoa mais meditativa e plena no dia a dia.

Com essas simples mudanças podemos ter uma percepção melhor sobre nós mesmos, as pessoas ao nosso redor e os ambiente que nos cerca.

Tudo isso lhe trará mais paz e controle da própria vida e emoções

1 – Observa sua respiração

Dedica-se apenas 5 minutos por dia para observar sua respiração. Você sabia que nosso padrão de respiração é inadequado porque é muito rápido e pouco profundo? Isto acaba afetando outros processos do organismo. Por isso, faça uma INspiração(puxe o ar) mais profunda e demorada do que o habital, e quando EXpirar(solta o ar) lentamente. Este exercício, pode ser praticado durante apenas 5 minutos, é ideal para relaxar e também ajuda a sincronizar o ritmo cardíaco, fazendo que seja mais regular. Durante esses 5 minutos tente não entrar em nenhum pensamento, pensamentos virão, mas não raciona-os, deixe-os passar, foque no exercício respiratório proposto. Quando terminar, se sentirá mais tranquilo e com mais energia.

2 – Faça um passeio, sozinho.

Na atualidade passamos muito pouco tempo sozinhos. Quando não estamos rodeados de pessoas, estamos conectados na internet ou vendo TV. No entanto, precisamos da solidão para nos conectarmos com o “eu” mais profundo. Por isto, planeje dar um passeio sozinho, mesmo que seja por apenas 10 minutos. Durante esse tempo, não dê atenção as preocupações ou aos assuntos pendentes. Simplesmente desfruta da sua presença e do ambiente que lhe rodeia, liberando a mente do peso das idéias. Depois de uma caminhada verá as coisas mais claras.

3 – Saboreie cada sabor 

Nem sempre temos o tempo necessário para comer. No entanto, busque em alguma das refeições ou mesmo um lanche, ter um momento mindfluness(atenção plena) para a comida. Desligue seus dispositivos eletrônicos e desfruta desse momento. Sente a textura dos alimentos e seus reais sabores. Trate de apreciar a comida, sem pressa, para reencontrar o prazer das pequenas coisas cotidianas. Ademais, sua digestão também lhe agradecerá.

4 – Planeje pequenas metas diárias

As vezes nos imobilizamos porque não sabemos por onde começar. Porém, todo caminho começa com o primeiro passo. Planeje metas pequenas, que possa cumprir, algo tão simples como fumar um cigarro a menos do que o habitual ou sair para caminhar por 10 minutos. Quando planeja metas e cumpre, por pequenas que sejam,aumenta automaticamente sua autoconfiança, sente que, se esforça, pode também com metas maiores. E essa sensação de empoderamento é fundamental para atingir metas na vida e sentir-se melhor consigo mesmo.

5 – Observe as pessoas que lhe rodeia.

Durante alguns minutos por dia tente conectar-se com os demais, mesmo que seja de longe. Acabará vendo coisas que antes haviam passado desapercebido pela pressa do dia da dia, como um precioso sorriso de um vizinho ou a enorme amabilidade de um colega de trabalho. Tente converte-se em um mero observador, sem fazer juízos de valor, só observando a realidade que discorre ante seus olhos. É uma experiencia muito reveladora que, com o tempo, melhorará notavelmente suas relações interpessoais porque lhe converterá em uma pessoa mais sensível aos demais.

6 – Envolva-se em alguma arte

Não se trata de se converter em um pintor famoso senão de encontrar uma atividade artística que mais goste e dedicar alguns minutos na semana. De fato, tem sido demonstrado que o trabalho criativo nos ajuda a entrar em no que se conhece como “fluxo da consciência“. É um estado em que estamos plenamente presentes, com o cinco sentidos conectados ao que estamos fazendo, e praticamente desconectados do exterior. Não se preocupe com o resultado da arte, apenas desfrute e deixe sair o que há dentro de você usando a arte como meio de expressão.

7 – Ajude alguém

As pessoas que ajudam os demais e se envolvem em atividades de voluntariado se sentem mais satisfeitas com suas vidas e reportam menos estresse e depressão. Isto se deve a que, o ato de ajudar, nos ajuda a nós mesmos. Não é necessário fazer grandes gestos, ajudar um idoso a cruzar a rua, contribuir com as tarefas domésticas ou simplesmente escutar alguém que necessita, também é ajudar. Ser consciente de que os demais necessitam e saber que fez algo bom para eles, trará a sensação de estar melhor consigo mesmo.

8 – Perca-se

Com o GPS, as visitas guiadas e as viagens calculadas ao milimetro há pouco espaço para a improvisação. Porém, de vez em quando é conveniente perde-se por ruas que não conhece, deixar que novos lugares lhe surpreenda. Tente, ao menos uma vez na semana, andar sem rumo fixo, deixando que seu instinto o conduza e mantendo-se atento a tudo que descobre em novo e desconhecido caminho. Se trata de uma experiência bastante estimulante.

9 – Veja-se no espelho.

Faça do seu espelho seu melhor aliado, não para presumir mas para conhecer-se melhor. Quanto se sentir triste, frustado, estressado ou zangado, veja no espelho e fixa em suas expressões faciais. É provável que descubra uma pessoa completamente diferente. A medida que esteja consciente das mudanças que provocam as emoções em seu rosto, pode aprender a gerenciá-las melhor. Sua saúde emocional e suas relações interpessoais serão os principais beneficiados.

10 – Faça um elogio genuíno. 

Uma vez ao dia, planeje presentear um elogio genuíno. Não se trata de elogios falsos, senão manter-se atento ao que sucede ao seu redor e reconhecer coisas positivas, esses nobres detalhes feitos por muitos que passam despercebidos por todos. Fará a pessoa melhorar seu dia e lhe ajudará a criar uma relação de intimidade, respeito e responsabilidade mútua. Não tem que ser algo especial, mas qualquer pequeno detalhe que tenha notado e tenha gostado. Isso também aumentará sua capacidade de observador do momento presente.

Lembra-se que para ser uma “pessoa mindful” significa, simplesmente, aprender a viver no aqui e agora, sem julgar e com a mente aberta.

Fonte: Yogui.co


Post Your Thoughts